Escola Deaikai


(foto - Pedro Meha)

A Associação de Aikido do Sul foi fundada a 16 de Julho de 1992. O grupo que lhe deu origem começou a formar-se em 1974 quando algumas pessoas em Setúbal, de onde se destacam o Eng. Carmo Ferreira e o Dr. Pinto Marques iniciam a prática do Aikido. Em 1977 este pequeno grupo cria a secção de Aikido do Vitória Futebol Clube.

Em 1992 os praticantes desta secção fundam a AAS, Associação de Aikido do Sul.

Até 1 de Abril de 2003 a associação fez parte da escola Ten-Chi do Mestre Georges Stobbaerts.

Pouco tempo após a separação da escola Ten-Chi, a AAS filia-se na Federação Portuguesa de Aikido e contribui grandemente para o processo que levou as associações não filiadas na FPA a filiarem-se.

No dia 24 de Janeiro de 2004, depois duma profunda e prolongada discussão interna, o conselho de cintos pretos da AAS decidiu criar, no interior da associação, a Escola Deaikai.

«Deai Kai» não é uma nova escola de Aikido, como o Ki Aikido, Tomiki Aikido, Iwama Ryu Aikido, Ten Chi Aikido, Ki no Michi, Aikikai, etc. O termo «Deai» significa «encontro» e designa, não uma nova interpretação do aikido, mas: a) um modo de trabalhar em equipa; b) liberdade para cada professor e cada dojo desenvolverem um trabalho pessoal.

Apesar dos praticantes da Associação de Aikido do Sul terem pertencido durante cerca de 30 anos a uma escola de aikido e estarem durante esse tempo ligados a um mestre, o seu trabalho ficou a dever-se, em larga medida, ao espírito de cooperação e partilha que sempre existiu dentro do grupo que deu origem à AAS, hoje Escola Deaikai.